Os melhores livros sobre cerveja para você aprender mais sobre a bebida.

Reunimos uma série de livros que falam sobre cerveja, e que com certeza vão ajudar no seu aprendizado passando por diversos assuntos. Nestes livros, vamos encontrar tudo sobre a história da cerveja, suas famílias, principais estilos, harmonizações, processos de produção e muito mais. 

Para facilitar, colocamos alguns links da Amazon, onde você pode encomendar o(s) livro(s) que for de seu interesse. 

Larousse da Cerveja

Este é o livro perfeito para quem já ama cerveja e também para quem quer se tornar um expert na bebida. Ao longo de centenas de páginas ricamente ilustradas, o livro apresenta um panorama histórico completo; descreve os ambientes, os utensílios e o serviço perfeito; aborda as principais escolas cervejeiras do mundo e ainda relaciona a bebida com a gastronomia. Esta nova edição ampliada e atualizada traz um exclusivo capítulo sobre a indústria cervejeira no Brasil, analisando toda a cadeia produtiva e o mercado atual. Além disso, o guia de estilos de cerveja foi completamente reformulado, conforme as atuais diretrizes do Beer Judge Certificate Program (BJCP), o maior e mais renomado programa de certificação de avaliadores de cerveja do mundo. Ao final do livro, o leitor vai encontrar uma lista de bares, museus e festivais ao redor do planeta que celebram uma das bebidas mais populares e queridas do mundo.


A Mesa do Mestre-Cervejeiro

Garrett Oliver, mestre cervejeiro e a maior autoridade em cerveja nos EUA, revela por que a verdadeira cerveja artesanal é o melhor acompanhamento para qualquer refeição. Expõe seu processo de fabricação, sua história e apresenta os mais diferentes estilos de cerveja de todo o mundo. Demonstra como a cerveja artesanal, mais versátil do que o vinho, realça os sabores da comida quando adequadamente combinada, criando harmonizações perfeitas. Um livro para os aficionados por cerveja e por culinária.


Tasting Beer

Esta segunda edição totalmente atualizada da fonte de cerveja mais vendida apresenta as informações mais atuais sobre estilos de cerveja, perfis de sabor, diretrizes de avaliação sensorial, tendências de cerveja artesanal, combinações de alimentos e cerveja e sistemas de chope. Você aprenderá a identificar os aromas, cores, sabores, sensação na boca e vocabulário dos principais estilos de cerveja – incluindo ales, lagers, weissbiers e cervejas belgas – e desenvolver uma compreensão mais matizada de suas cervejas favoritas com profundidade seções recentes


A Revolução da Cerveja Artesanal

A Revolução da Cerveja Artesanal é um relato empolgante do renascimento da indústria cervejeira norte-americana ao longo das últimas quatro décadas. Em meados dos anos 1970, havia menos de quarenta cervejarias nos Estados Unidos. Hoje são mais de 2.500 e outras mil estão surgindo. Steve Hindy é a pessoa certa para contar esta história notável de empreendedorismo e renovação. Atuando como jornalista durante quinze anos, antes de fundar a Brooklyn Brewery com seu sócio Tom Potter, esteve diretamente envolvido na evolução da indústria ao trabalhar para a diretoria da BA e para o Instituto de Cerveja, a maior associação comercial do ramo.


1001 Cervejas para Beber Antes de Morrer

Há um mundo novo a ser descoberto a respeito da bebida mais popular do Brasil. Você vai se surpreender com a variedade de sabores, texturas, cores e ingredientes que vão muito além das cervejas que costumamos encontrar nos bares e restaurantes do país.

Escrito por uma equipe de 40 especialistas, 1001 cervejas para beber antes de morrer é um guia indispensável para quem quer sair da rotina e experimentar as inimagináveis possibilidades que essa bebida oferece.

Em 1001 resenhas curtas, você vai encontrar informações sobre o aroma e o paladar de cada cerveja, explicações sobre o processo de produção, a temperatura ideal em que deve ser servida e notas de degustação que irão ajudá-lo a escolher o estilo mais adequado para cada ocasião.

Ilustrado com mais de 800 imagens de garrafas, rótulos, pôsteres e cervejarias, este livro apresenta as cervejas em todo o seu esplendor – das artesanais às mais tradicionais, das gastronômicas às mais populares.


O Guia Oxford da Cerveja

Uma obra verdadeiramente inovadora, O guia Oxford da cerveja é o livro de referência mais abrangente já publicado sobre a mais popular e diversificada bebida fermentada do mundo. Nestas páginas, Garrett Oliver, autor e renomado mestre-cervejeiro, agrupou o vasto conhecimento e as pesquisas de mais de 165 especialistas em cerveja oriundos de mais de vinte países. O resultado é um compêndio completo do mundo da cerveja, compreendendo mais de mil verbetes, muitos deles sobre temas que mal haviam sido abordados até agora. Dos detalhes sobre o processo de produção da cerveja à história da bebida, das variedades de lúpulo e cevada ao perfil das regiões e dos países produtores de cerveja, dos estilos de cerveja, harmonização gastronômica e tipos de copos ao condicionamento em barril de madeira, dry hopping e refermentação em garrafa, este livro cobre praticamente todos os temas de interesse para entusiastas, cervejeiros ou profissionais do ramo de alimentos e bebidas.

Das cervejarias de grande escala ao mundo das nanocervejarias, este livro trata a cerveja como nenhum livro nunca a tratou. Escrito por uma notável equipe de autores, entre os quais cervejeiros eminentes, estudiosos, mestres-adegueiros, cervejeiros artesanais e cervejeiros caseiros, este livro é vasto, profundo e festivo como o próprio mundo da cerveja.


Lúpulo

Este livro explica habilmente o que é o LÚPULO, sua origem, e como os cervejeiros maximizam seus atributos positivos no decorrer do processo produtivo. Stan Hieronymus começa com os princípios básicos da química por trás do lúpulo, depois examina o importante papel dos agricultores e como os cervejeiros podem escolher seus lúpulos da melhor maneira possível. Ele traz descrições e informações fundamentais sobre mais de 100 variedades de lúpulo, além de 16 receitas coletadas mundo afora, incluindo algumas das principais microcervejarias norte-americanas. Hieronymus explora a qualidade e utilização do lúpulo, com um capítulo inteiramente dedicado ao dry-hopping. Do início ao fim deste livro, as pesquisas e redação acessível do autor educam sobre a rica história do lúpulo e como ele se tornou um ingrediente essencial na fabricação de cervejas.


A Arte de Fazer Cerveja

O cervejeiro James Morton revela o que aprendeu na prática, entre erros e acertos, ao preparar a bebida em casa. Ele descreve os equipamentos necessários e os ingredientes (maltes, lúpulos, leveduras e adjuntos) e explica em detalhes ambos os métodos de produção: o com kit, mais simples, e o all-grain, mais completo e que permite personalizar mais a produção.

Ensina, ainda, a fabricar alguns equipamentos, como a própria cuba de fervura e um resfriador, e a costurar um saco de grãos, inspirando o autêntico estilo “faça você mesmo”. Também não faltam instruções para detectar problemas (e evitá-los nas produções

seguintes) e conteúdo teórico sobre temas como fermentação primária e secundária, envase e carbonatação, cultivo de leveduras a partir de garrafas e instalação de um sistema de barril em casa.

Entre as receitas preferidas do autor, de estilos americanos e europeus, estão porter, Russian imperial stout, quadrupel, saison, kölsch e – o grande destaque do volume – as complexas lagers, fermentadas em baixas temperaturas, e as sours, feitas com leveduras selvagens.


Microbiologia da Cerveja

Vivemos um momento importante na história cervejeira do país onde o crescimento está levando a uma maturidade. Já temos um estilo de cerveja registrado no BJCP. Será que algum dia teremos uma escola cervejeira puramente brasileira? Ninguém sabe. Mas, o que de fato sabemos, é que para chegar lá, precisamos de conhecimento. Quando digo conhecimento, não me refiro a blog ou Youtube. Mas sim de uma literatura bem fundamentada em conhecimento científico. Foi com essa motivação, que nosso amigo Carlão escreveu esse livro. Ele trouxe todo seu amplo conhecimento para ajudar-nos a melhorar nosso conhecimento sobre o tema mais procurado por todos os cervejeiros: fermentação. Esse é um assunto de muito interesse devido a sua alta complexidade e à dificuldade que temos de controlar essa etapa do processo produtivo. O cervejeiro faz mosto. Quem faz cerveja é a levedura. Nosso papel é entender como ela trabalha para podermos dar boas condições para que ela faça a cerveja da forma que planejamos. Matheus Aredes Cervejeiro / Professor na Bräu Akademie


Brasil Beer: O Guia de Cervejas Brasileiras

Que o brasileiro ama cerveja já sabíamos. Não é à toa que é a bebida alcoólica mais consumida no país. O que agora todos saberão é quais são e onde estão as melhores cervejas feitas no Brasil, do Norte ao Sul. Neste livro, os entusiastas da bebida poderão conhecer um pouco mais sobre o fabuloso mundo da cerveja brasileira, que vem experimentando um renascimento no país, com uma explosão de interessados em resgatar sua originalidade e em apreciá-la de um modo diferente e especial. Para este detalhado guia, os autores mapearam e catalogaram praticamente todas as cervejarias, microcervejarias e associações de cervejeiros artesanais que existem atualmente no Brasil. São produtos com cores, aromas e sabores distintos dos convencionais, produzidos em menor escala, com qualidade superior e sempre com o olhar do dono do negócio. Além disso, traçaram os principais roteiros, reunidos por região do país, estado e cidade, que poderão ser percorridos para se encontrar uma boa cerveja, onde quer que você esteja. São mais de 700 cervejas, e mais de 160 locais em que se pode beber o precioso líquido. Nestas páginas, você também obterá dados da região, indicações de hotéis e locais onde ficar, serviços de táxi e tudo o mais que você precisa saber para fazer um verdadeiro tour cervejeiro.


As 100 Melhores Cervejas Brasileiras

O sommelier e especialista em cervejas Mauricio Beltramelli já brindou os leitores e apreciadores da bebida com o livro ‘Cervejas, Brejas e Birras’, agora, traz ao público brasileiro uma publicação que seleciona as cem melhores cervejas produzidas atualmente no país. Ingredientes – alguns deles exóticos – sabor, cor, aroma e textura, entre outros elementos, foram utilizados como critério de escolha. Segundo o autor, a tarefa não foi simples. ‘Há muitas cervejas de qualidade no Brasil, foi difícil chegar em apenas cem rótulos’, afirma. Boa notícia para o público cervejeiro, que agora tem um guia a altura para se aventurar pelo mundo da bebida que há tempos deixou de ser apenas coadjuvante da praia, samba e futebol.


Cerveja & Gastronomia

Com a ampliação do consumo de cervejas especiais, aumenta o interesse por casar a diversidade de sabores dessas bebidas com a gastronomia. Para facilitar essa tarefa, Mark Dredge selecionou comidas e mais de 350 rótulos para serem degustados juntos. O autor apresenta aspectos científicos do paladar e explica a interação entre cerveja e alimentos, mostrando diferentes abordagens de harmonização (por elo, equilíbrio, estímulo ou aspectos regionais). Entre as recomendações por estilo, destacam-se: a dark lager, mais maltada, com pratos apimentados ou ácidos; a ale de trigo, encorpada, refrescante e condimentada, que acompanha bem tanto frutos do mar como queijos suaves. Já nas ideias por tipo de comida, sugere saison e amber lager com carne vermelha; com o cardápio indiano, variedades alemãs e American IPA caem bem; com culinária sul-americana, como é o caso da feijoada, cerveja defumada. Também inclui cerca de 40 receitas que levam cerveja, entre elas delícias como Carbonnade bovina, Sopa de alho assado com duvel, Peixe no vapor com IPA e molho de abacaxi e Vaca-preta com imperial stout.

E aí, o que achou da lista ? Tem algum livro que já tenha lido e acha que podemos adicionar à lista ? Qualquer coisa coloque nos comentários.

Chama no Zap!
Enviar